"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

segunda-feira, 23 de abril de 2012

MATRIX - A REALIDADE ESTÁ FORA DA CAVERNA

Em 1999 quando fui assistir ao filme Matrix, percebi que algo de diferente estava acontecendo, e realmente estava, o filme ditou os moldes para novos filmes do gênero, pois dividiu a história do cinema, em antes de Matrix e depois de Matrix. 
“Já teve um sonho, Neo, que você tinha a certeza de que era real? E se você não conseguisse acordar desse sonho? Como saberia a diferença entre o sonho e o mundo real? “ (Morpheus)
Matrix é considerado uma obra prima, sem antecedentes, mescla  filosofias budistas, espiritualismo, ocultismo, filosofia, cristianismo,  1984 de George Orwell, Ghost in the Shell, messianismo, mitologia grega, literatura cyber punk, entre outras, e também muita pancadaria e muitas armas num paradoxo a toda ideologia embutida, o que gera também a dinâmica do filme.

É um filme que a cada vez que assiste surgem novos detalhes, dada a complexividade, por isso não pode ser visto uma única vez.

Recheado de simbolismos, praticamente tudo no filme tem algum significado: nomes, lugares, situações.

Não  por acaso que o filme foi lançado na Páscoa.

legendas só ativar no CC
A base do filme é o mito da caverna de Platão, que mostra como podemos nos libertar da ignorância (escuridão), caminhando para a luz (conhecimento), fazendo quebrar os grilhões  e correntes (medos e preconceitos) que muitas vezes nos impedem de ver a verdade, só que no filme poucos que se libertaram e tentam libertar outras pessoas, entretanto  algumas mentes não estão preparadas, ou já estão muito fechadas para o novo (pessoas que não tem dúvidas), pois viver na ignorância e bem mais fácil.
Cypher, personagem que traí os companheiros, e quer voltar a matrix, mesmo sabendo que viverá num mundo de ilusão, diz “Ignorância é felicidade”

O que é a Matrix?
 É um programa de computador, espécie de realidade virtual, na qual as pessoas acham que estão levando suas vidas, más na real estão aprisionados, num estado de incubação.
 
Notem que a TV tem uma pirâmide de ponta cabeça, símbolo de dominação
Neo de primeiro não aceita a nova realidade, más não pode voltar, pois uma mente expandida pelo conhecimento não retorna ao seu tamanho original
No filme o  Homem cria a inteligência artificial, e surgem legiões de robôs que fazem tarefas humanas, recolher lixo, limpar casa, etc. Devido aos maus tratos, os robôs se rebelam e se exiliam, os Homens temerosos, resolvem ataca-los, as máquinas revidam, numa última tentativa de vencer, os homens “queimam” os céus, pois as máquinas utilizavam energia solar, as máquinas vencem a guerra, e criam um novo sistema de energia, a base da energia corporal, aprisionando a humanidade.

videos mostram como iniciou a guerra homens vs máquinas

com legendas no C/C
Só que nossa mente necessita de estímulos para continuar viva, ai criam a Matrix, sendo que a primeira criada, era o mundo perfeito, utópico, más falhou devido a natureza humana ser de destruição e de conflitos, a recriam como o mundo que conhecemos hoje, injusto, e violento, assim  distraiam as mentes incubadas, aproveitando  toda a bioenergia.


Entra em ação a trindade, Neo, Morpheu e Trinity.

Morpheus é o nome para o Deus dos sonhos, na mitologia Grega. No sonho, a alma pode emancipar-se, a alma pode viajar a outras realidades, saindo desta realidade.
 

Thomas A. Anderson (andro, homen + son, filho), no mundo dos hacker ele é Neo, um anagrama para One (o único, o primeiro, o predestinado). Neo faz uma analogia clara a Buda e Yeshua
Poderá ser também ser Eon, Eon é uma Era, cada Era dura 2150 anos, vivemos atualmente na Era de Peixes (daí o símbolo ser tão citado no cristianismo, o nascimento de Jesus inicia a nova Era atual, finda a antiga de Carneiro, representada por Moisés), e estamos próximos da Era de Aquário. Segundo o calendário Maia estamos precisamente terminando esta Era e a próxima será a Era da paz, que se daria em 21 de Dezembro de 2012.

muito visto em traseiras de carro, porém é um símbolo pagão muito anterior a Yeshua
documentário zeitgeist

Espécie de messias digital morre e ressuscita, ai percebe que é o predestinado a salvar a humanidade.
 
Neo transcendeu a realidade, tal como Buda libertou-se de Samsara (ciclo de reencarnações) e atingiu o estado de iluminação (Nirvana) ou Moksha (liberdade da alma).

Trinity é a Trindade. Representa a Grande Mãe- Filha e espírito santo.

O Oráculo

O homem desde a antiguidade sempre recorreu a “videntes”, no filme temos O oráculo, que é um programa da Matrix, um dos criadores, que ajuda os humanos.


“a nossa escolha é a repetição das nossas escolhas “, As escolhas que fazemos agora já foram predestinadas por nós, mas isso só faz sentido com a reencarnação. Antes de reencarnar conhecemos uma parte do nosso destino, já escolhemos certas provas pelas quais iríamos passar, porém ao nascer esquecemos isso. Mais tarde ao tomar certas escolhas, não temos consciência que já as tomamos antes de reencarnar, mas o nosso destino já tinha sido pré-conhecido por nós, assim faz sentido.

 Naves

A Nave de Morpheus chamava-se “Nabucodonosor”, nome do Rei Babilónico que tivera um sonho, más não se recordava e vivia perturbado procurando uma resposta.
Na nave havia uma inscrição “Mark III nº 11”, no Evangelho de Marcos 3:11 que diz “E quando os espíritos impuros o viam, jogavam-se gritando : Tu és o filho de Deus”.

O nome da nave cujo último voo serviu para alertar os habitantes de Zion (nave Osíris) da iminente invasão das máquinas foi emprestado de uma das principais divindades do panteão egípcio.
Esposo  de Ísis e pai de Hórus, foi Osíris quem ensinou as artes da civilização aos primeiros egípcios. 
Osiris, Ísis e Hórus
Foi assassinado por seu perverso irmão Seth, que desmembrou seu corpo e espalhou os pedaços por toda a Terra, obrigando Ísis a percorrer o mundo inteiro para reunir os membros de seu marido morto. Depois que seu corpo foi reconstituído, Osíris ressuscitou e passou a reinar sobre o Amenti, o paraíso egípcio situado no Além-Túmulo. Os gnósticos reinterpretaram o mito de Osíris como um símbolo da queda da divindade primordial no mundo ilusório da matéria e de sua posterior libertação.

Agente Smith (ou Agentes)
 
Quando o agente Smith (Em Português significa Ferreiro) chega num Audi no início do filme,  a  placa do carro é "IS 5416".
 


Em Isaias 54:16 lê-se:
"Eis que eu criei o ferreiro, que sopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra, também criei o assolador, para a destruir."
Os agentes que perseguem Neo, lembram os “Homens de preto” (não o do filme MIB), os agentes da CIA da década de 60’, que perseguem quem é contra o sistema, auge da Guerra Fria, estão em muitas teorias da conspiração.
 

ZION (a ultima cidade humana)

É uma cidade subterrânea, o nome está associado a Sião, cidade bíblica, que deu origem a Jerusalém. Lembra o mundo subterrâneo em que se encontrava Hades (Deus do submundo) “Viagem ao centro da terra” de Júlio Verne ou as teorias da Terra oca (Agartha).

Arquiteto

 Alusão à Maçonaria, simboliza GADU (Grande Arquiteto do Universo), no gnosticismo o arquiteto assemelha-se ao Demiurgo, um deus falso.
No filme há várias referências a Maçonaria, piso quadriculado, posição das mãos de Morpheus, entre muitas outras
Buda alcançar a liberdade espiritual (Nirvana) estado de iluminação, exclamou  “Apanhei-te arquiteto, nunca mais tornarás a construir-me”, ele referia-se ao Ego, criador da falsa realidade em que vivemos.


 KeyMaker (o chaveiro)

Quem detém as Chaves (o conhecimento) tem o poder de ir a qualquer lugar e abrir qualquer porta, em alguns livros de ocultismo "chaves" são segredos, exemplos : "The keys o Solomon" (as chaves de Salomão). Na simbologia esotérica, as chaves representam a iniciação, a habilidade que o iniciado possui para abrir e  deslocar-se  entre diferentes realidades.
Personagens  como  S. Pedro (cristianismo)  ou o Janus (mitologia romana)  são representados como portadores da chave.
Duas das melhores cenas do segundo filme 

O filme em si

Morpheus, Trinity e companhia lutam contra o domínio das máquinas, recrutam Neo (Wake up, The Matrix has you), desperte, acorde...saia da caverna.
wake up foi a base de um revelador documentário que está no youtube
wake up saindo da matrix 
 Quando Smith mata Neo, ele renasce e torna-se o “predestinado”, saltando para dentro de Smith, quem vem a explodir, surgindo novo Neo(desculpem o pleonasmo).

Entretanto Neo e Smith são elementos de uma mesma equação, positivo e negativo, yin yang, pelo contato que tiveram, ambos detém uma parte do poder. 

Ao infectar toda a Matrix Smith assume o controle, a ida de Neo a cidade das Máquinas,  onde elas apoiam o predestinado e assim selam a paz,  Neo enfrenta seu arqui-inimigo, e só o derrota quando Smith tenta replica lo, igualando a equação voltando para o status quo , reiniciando a Matrix.


O oráculo, que é a mãe da Matrix, ajuda Neo, pois já previu que a Matrix, como um sistema de computador, poderia vir a sofrer com a presença de um Vírus, que no caso é o Agent Smith, que poderia corromper tanto a Matrix como o mundo das Máquinas, logo Neo é um antivírus, friamente calculado pelo Sistema para tal proposito.


Muitos questionam o por quê de nos combates, objetos como óculos, não caem, ou o por quê deles poderem saltar tanto, ou mesmo voar, no caso de Neo.

Eles estão dentro de um programa de computador, só que não estão lá fisicamente, e sim suas imagens residuais, por isso os óculos, por exemplo, faz parte da projeção mental. Essa projeção é real, faz com que sempre nos vemos da mesma maneira nos sonhos, e que estes sempre sejam coloridos.

Em linguagem de computador, veremos que pessoas com pouco conhecimento em informática entram e saem dos programas, limitam-se a abri-los e fecha-los, pessoas com algum conhecimento já conseguem modificar algumas estruturas, já se imaginarmos um hacker, este entra modifica todo o programa, mexendo profundamente nas estruturas, por isso Neo consegue voar, ser tão rápido.

Quando estão na Matrix, a tela é propositalmente esverdeada, para dar um tom monótono, e quando estão fora dela, o tom é azulado, mais próximo do real.

Más Matrix vai bem mais profundo, e reafirma a condição da maioria dos seres humanos, pessoas alienadas e manipuladas pelo Sistema, que impõe diversas mentiras como verdades, e isto é aceito por uma grande maioria, sem pestanejar, sem questionar.
A escravidão e a manipulação do povo não é uma novidade, nem fruto específico dos modernos meios tecnológicos em si, o imperador romano Otávio Augusto que criou, ou talvez tenha apenas melhorado e batizado, a famosa política panem et circenses (pão e circo) para pacificar Roma mantendo o povo satisfeito e longe da política.
O grande impacto do filme nos leva a pensar se algo parecido poderia vir a acontecer, máquinas com inteligência artificial poderiam controlar a tudo e por o ser humano em segundo plano.
Quando saí da sessão do primeiro filme, já imaginei que a Matrix facilmente poderia vir a ser criada, ou algo do gênero, pois numa analogia ao vídeo game, há poucas décadas tinham aquela aparência tosca, de poucos pixeis.
exemplo de miniaturalização dos eletrônicos
Atualmente o que vemos são jogos em HD Full, alta definição, quase um filme, a informática desenvolve-se em P.G.(progressão geométrica) o que é “top” hoje, em meses está defasado, e em poucas décadas ou iremos nos conectar ou colocar óculos especiais, no caso de jogos e até programas de computador, e assim entrarmos no mundo virtual, tal qual Matrix, pessoas viverão on line, pois numa outra realidade poderão ser quem quiserem, como nos filmes A origem e Substitutos.

E atualmente é inconcebível pensarmos em um escritório sem um computador, sem máquinas, coisa que há 20 anos era normal, ou seja, estamos cada vez mais dependentes das máquinas, se houver uma  falta de energia elétrica, somente por uma semana, haveria o caos, pois em nosso mundo moderno já somos totalmente dependentes das máquinas, sendo  muitos verdadeiras escravos.

“O que é real? Como define real? Se você está falando do que pode ser cheirado, provado e visto, então real é simplesmente um sinal elétrico interpretado pelo seu cérebro “(Morpheus) 

Após todo o conteúdo exposto, para quem assistiu e não se ateve aos detalhes, assista novamente (para quem nunca viu, não deixe de assistir), que garanto que vai parecer que é  um novo filme.

Ficam somente algumas dúvidas:
 
E se nos conectarmos e não conseguirmos mais sair do jogo?  

Como em Matrix, nossas escolhas já foram feitas, então somos programados?

Quem nos programou e com qual proposito?

Se desenvolvermos inteligência artificial (exemplo de Eu robô), e tal qual, fazemos com os demais animais ao nos considerarmos superiores, escravizamos, abatemos, fazemos experiências, nos alimentamos deles, essa inteligência criada, consequentemente superaria a inteligência do homem, teríamos o mesmo tratamento dos demais animais?

"Tudo o que está no plano da realidade já foi sonho um dia." (Leonardo Da vinci)


terça-feira, 17 de abril de 2012

VOCÊ REALMENTE SABE O QUE ESTÁ FALANDO (MITOLOGIA GREGA)



Muitas expressões que usamos  em nosso léxico provém, em sua maioria, de termos gregos, prefixos, sufixos e radicais, sendo que vasta gama de expressões usadas por todos,  advém da mitologia grega, entretanto poucos sabem que rotineiramente citamos o panteão(Pan=todos, Théos=deuses) helênico (Helênico é o adjetivo gentílico para grego, pois Hélen é a Grécia, gentílico vem da Roma antiga, gens ou genos era um grupo de pessoas ou clã que compartilhavam o mesmo nome de família, daí deriva a palavra Gentil= nativo)




No artigo 300 de Esparta, fica demonstrado  que aquela passagem histórica poderia ter alterado drasticamente o mundo no qual conhecemos hoje,  separei algumas palavras  que tem sua origem na mitologia, sendo que poucos reparam  sua origem, essas palavras ou expressões demonstram o quão rica é a cultura helênica clássica, na qual se baseia nosso mundo ocidental contemporâneo:

  Anfitrião (aquele que recebe bem os hóspedes em sua casa) e Sósia(pessoa muito parecida com outra)
Enquanto Anfitrião estava na guerra de Tebas, Zeus tomou a sua forma para deitar-se com Alcmena e Hermes tomou a forma de seu escravo, Sósia, para montar guarda no portão. Daquela noite de amor nasceu o semideus Hércules. Entretanto Anfitrião ficou contente por ser marido de uma escolhida de Zeus.  A partir daí, o termo anfitrião passou a ter o sentido de "aquele que recebe em casa". O mesmo ocorreu com sósia — "cópia humana".


Hermafrodita 
personagem Buba, popularizou o termo
Origina-se do deus grego Hermafrodito - que possuía os dois sexos, filho de Hermes e Afrodite, respectivamente representantes dos gêneros masculino e feminino.

Cupido (quem promove o enlace de duas pessoas)
também conhecido como Amor, era o deus equivalente em Roma ao deus grego Eros. Filho de Vênus e de Marte, (o deus da guerra), andava sempre com seu arco, pronto para disparar sobre o coração de homens e deuses.

Camisinha de Vênus e Afrodisíaco
Dois termos que remetem a Vênus/Afrodite deusa do amor,da sexualidade e da fertilidade, ou seja, são cousas relacionadas ao amor ou que levarão ao amor.

Voto de Minerva (voto de desempate)
Minerva ou Palas Atenas é a deusa da sabedoria, da justiça, no julgamento de Orestes, coube a ela o voto de desempate.

Bacanal (a popular suruba)
Baco/Dionísio deus das festas e do vinho, na Roma antiga eram feitas grandes festas dedicadas ao deus baco, festas regadas a muito vinho e muito sexo.

Atlas (coleção de mapas)
Titã que lutou e foi derrotado pelos deuses na titanomaquia, foi condenado a carregar o mundo nas costas.

Oceano Atlântico
Também remete ao Titã Atlas, e lugar onde seus descendentes teriam fundado a cidade de Atlântida.

Oceano
Era o imenso rio que rodearia a Terra, personificado pelo titã de mesmo nome, filho de Urano e Gaia.

Hipnose
olhe fixamente e veja a ilusão de ótica
Hipnos é o deus do sono, irmão gemeo de Tanatos deus da morte(daí vem tanato fobia, tanato filia), ambos são associados a um estado de desligamento corporal, um representando a morte e o outro o sono.

Morfina
Deriva de Morfeu deus dos sonhos, era  filho de hipnos.


Bicho de sete cabeças (cousa complicada)
Hidra de Lerna, uma monstruosa serpente com sete (ou nove) cabeças que se regeneravam, mal eram cortadas e se regeneravam, exalavam um vapor que matava quem estivesse por perto. A morte da Hidra foi o segundo dos famosos doze trabalhos de Hércules

Calcanhar de Aquiles (ponto vulnerável)
Semideus e herói da mitologia grega, considerado o maior guerreiro da Guerra de Tróia e o personagem principal da Ilíada, de Homero. Quando Aquiles nasceu, sua mãe Tétis mergulhou seu corpo no rio Estige para torná-lo imortal; ficou, no entanto, vulnerável no calcanhar, parte do corpo pelo qual ela o segurava. No final da guerra contra Tróia, Aquiles foi efetivamente morto por uma flechada no calcanhar, desferida por Páris, príncipe troiano.

Toque de Midas (quem faz riquesa fácil)
Rei da cidade frígia de Pessinus. Após ter libertado Sileno, mestre e pai de criação do deus Dionísio, recebeu, como recompensa que ele próprio escolhera, o dom de transformar qualquer coisa em ouro, pelo simples toque. Este dom mostrou-se trágico quando Midas percebeu que nunca mais poderia comer nem beber nada. Desesperado, quase morrendo de fome, Midas implorou a Dionísio que lhe retirasse o terrível dom.

Energia Eólica
deus dos ventos, comandava todos os ventos; tanto as brisas leves quanto as piores tempestades.

Ninfeta (mulher jovem e bonita)
 As ninfas eram divindades antigas, mortais e pré-helênicas que habitavam em lagos, riachos, bosques, florestas, prados e montanhas. Duravam tanto quanto uma árvore e seus outros habitats permanecendo sempre jovens.

Labirinto (lugar onde perde-se facilmente) 
Rei Minos, após a traição de sua esposa com Zeus, nascendo dessa união o Minotauro, mandou Dédalo, pai de Ícaro, construir um lugar impossível de se fugir, o labirinto, para aprisionar a criatura.

Olimpíada
Os gregos inventaram os jogos para exibir suas habilidades e agradar aos deuses do Olimpo, um monte sagrado que era a morada das antigas divindades gregas. Criaram, então, quatro grandes festas, entre as quais a Olimpíada - que acontecia na cidade de Olímpia, onde havia um templo dedicado a Zeus. O primeiro registro desses jogos foi de 776 a.C..

Ostracismo(cair no esquecimento, não vem da mitologia)
 Punição que bania alguém por dez anos da cidade, para quem cometia crimes contra a democracia, sem poder morar em Atenas, votar ou participar da assembleia. Depois desses dez anos, podia voltar a morar lá como cidadão ateniense de novo.

Vulcão 
Vulcano/Hefesto - deus do fogo, trabalhava na fundição de material na sua forja subterrânea. A ascensão à superfície das matérias por Vulcano dá origem à palavra.

Comer o fígado (discutir com alguém rispidamente)
Prometeu, um primo de Zeus, tinha dado o fogo sagrado dos deuses aos homens para eles cozinharem seus alimentos, aquecerem-se e defenderem-se.
Zeus  decidiu castigá-lo, colocando-o amarrado em uma montanha. Todos os dias, uma águia ia comer o fígado dele. No dia seguinte, o fígado renascia e o castigo continuava. Eram um castigo e um sofrimento eternos.

Receber os loros da vitória(muito comum nos imperadores romanos)
Apolo e a retratação do Imperador Nero
Cupido atirou duas flechas uma em Apolo, que o fez apaixonar por uma ninfa Dafne, e outra nela,que a fez repulsa-lo. Como Apolo a queria e ela não, pediu que seu pai mudasse sua forma, transformou-se assim em louros, Apolo mesmo assim a tomou, e como ela não podia ser sua esposa, seria sua planta preferida. Com suas folhas, faria uma coroa que usaria em  seus triunfos.

Europa
Europa era uma princesa fenícia sequestrada por Zeus para a ilha de Creta. Para realizar isto Zeus assumiu a forma de um touro branco. Europa teve com Zeus um filho, Mimos.

Fobos
Um dos filhos de Ares (Marte) e Afrodite (Venus). "Phobos" é a palavra grega que significa "medo" e serviu de raiz para a palavra "fobia".

Lar e Lareira
Apesar de não existirem na Mitologia Grega,  Lares surgem na Mitologia Romana como entidades protetoras da casa e da família, por isso era comum acender um fogo dentra da casa pra representar a proteção de Lares.

Pânico (situação de grande medo)
PÃ era o deus flautista dos pastores, dos rebanhos e dos bosques, que possuía chifres e pés de bode. Por seu aspecto bizarro e por suas bruscas e inesperadas aparições, costumava assustar os homens

Narcisismo(também deriva a palavra narcótico)
Narciso era um jovem de singular beleza, filho do deus-rio Cefiso e da ninfa Liríope. No dia de seu nascimento, o adivinho Tirésias vaticinou que Narciso teria vida longa desde que jamais contemplasse a própria figura.
Indiferente aos sentimentos alheios, Narciso desprezou o amor da ninfa Eco - segundo outras fontes, do jovem Amantis - e seu egoísmo provocou o castigo dos deuses. Ao observar o reflexo de seu rosto nas águas de uma fonte, apaixonou-se pela própria imagem e ficou a contemplá-la até consumir-se.

Quimera(algo fantasioso)
Figura mística caracterizada por uma aparência híbrida de dois ou mais animais e a capacidade de lançar fogo pelas narinas, sendo portanto, uma fera ou besta mitológica.

Graças( ou graça, de beleza)
São as deusas do encantamento, da beleza, da natureza, da criatividade humana e da fertilidade da dança.

Museu
As musas eram personagens que deviam passar algum conhecimento aos humanos, por ordem dos deuses, versavam sobre artes e ciências.

Maratona (embora fora da mitologia, pois aconteceu de fato)

Durante a primeira guerra médica, contra os persas, para avisar que os gregos tinham vencido, o soldado mensageiro Filípides correu de Maratona, onde acontecia a batalha, até Atenas, numa distância de 42 KM, reza a lenda que ele deu a noticia e caiu morto de cansaço, literalmente.
Nos Jogos de 1948 em Londres, a distância da maratona olímpica foi estabelecida. Para que a família real britânica pudesse assistir ao início da prova do jardim do Palácio de Windsor, aumentaram a distância para 42 195 metros, que continua até hoje.

Hermenêutica (ciência que estuda a interpretação de um texto)
Hermes/Mercúrio deus mensageiro e intérprete dos deuses.

Tufão (forte vento)
Vem de Tifão, titã responsável pelos ventos fortes e violentos, filho de Geia.

Pangeia (quando os continentes ainda estavam unidos, um só continente)
Geia ou Gaia é a titã "mãe terra", da sua união com Urano (céu), nasce toda a linhagem de titãs e deuses.

Ilíada e Odisseia
 Poema épico grego, atribuido a Homero, que narra os acontecimentos ocorridos no período de pouco mais de 50 dias durante o décimo e último ano da Guerra de Troia.
  Ília é Troia, por isso Ilíada é a ida a Tróia, já a Odisséia é o retorno de Odisseu/Ulisses para casa, Ulisses que teve a idéia do Cavalo de Troia.