"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

segunda-feira, 23 de abril de 2012

MATRIX - A REALIDADE ESTÁ FORA DA CAVERNA

Em 1999 quando fui assistir ao filme Matrix, percebi que algo de diferente estava acontecendo, e realmente estava, o filme ditou os moldes para novos filmes do gênero, pois dividiu a história do cinema, em antes de Matrix e depois de Matrix. 
“Já teve um sonho, Neo, que você tinha a certeza de que era real? E se você não conseguisse acordar desse sonho? Como saberia a diferença entre o sonho e o mundo real? “ (Morpheus)
Matrix é considerado uma obra prima, sem antecedentes, mescla  filosofias budistas, espiritualismo, ocultismo, filosofia, cristianismo,  1984 de George Orwell, Ghost in the Shell, messianismo, mitologia grega, literatura cyber punk, entre outras, e também muita pancadaria e muitas armas num paradoxo a toda ideologia embutida, o que gera também a dinâmica do filme.

É um filme que a cada vez que assiste surgem novos detalhes, dada a complexividade, por isso não pode ser visto uma única vez.

Recheado de simbolismos, praticamente tudo no filme tem algum significado: nomes, lugares, situações.

Não  por acaso que o filme foi lançado na Páscoa.

legendas só ativar no CC
A base do filme é o mito da caverna de Platão, que mostra como podemos nos libertar da ignorância (escuridão), caminhando para a luz (conhecimento), fazendo quebrar os grilhões  e correntes (medos e preconceitos) que muitas vezes nos impedem de ver a verdade, só que no filme poucos que se libertaram e tentam libertar outras pessoas, entretanto  algumas mentes não estão preparadas, ou já estão muito fechadas para o novo (pessoas que não tem dúvidas), pois viver na ignorância e bem mais fácil.




Cypher, personagem que traí os companheiros, e quer voltar a matrix, mesmo sabendo que viverá num mundo de ilusão, diz “Ignorância é felicidade”

O que é a Matrix?
 É um programa de computador, espécie de realidade virtual, na qual as pessoas acham que estão levando suas vidas, más na real estão aprisionados, num estado de incubação.
Notem que a TV tem uma pirâmide de ponta cabeça, símbolo de dominação
Neo de primeiro não aceita a nova realidade, más não pode voltar, pois uma mente expandida pelo conhecimento não retorna ao seu tamanho original
No filme o  Homem cria a inteligência artificial, e surgem legiões de robôs que fazem tarefas humanas, recolher lixo, limpar casa, etc. Devido aos maus tratos, os robôs se rebelam e se exilaram, os Homens temerosos, resolvem ataca-los, as máquinas revidam, numa última tentativa de vencer, os homens “queimam” os céus, pois as máquinas utilizavam energia solar, as máquinas vencem a guerra, e criam um novo sistema de energia, a base da energia corporal, aprisionando a humanidade.

videos mostram como iniciou a guerra homens vs máquinas


com legendas no C/C
Só que nossa mente necessita de estímulos para continuar viva, ai criam a Matrix, sendo que a primeira criada, era o mundo perfeito, utópico, más falhou devido a natureza humana ser de destruição e de conflitos, a recriam como o mundo que conhecemos hoje, injusto, e violento, assim  distraiam as mentes incubadas, aproveitando  toda a bioenergia.


Entra em ação a trindade, Neo, Morpheu e Trinity.

Morpheus é o nome para o Deus dos sonhos, na mitologia Grega. No sonho, a alma pode emancipar-se, a alma pode viajar a outras realidades, saindo desta realidade.
 

Thomas A. Anderson (andro, homen + son, filho), no mundo dos hacker ele é Neo, um anagrama para One (o único, o primeiro, o predestinado). Neo faz uma analogia clara a Buda e Yeshua
Poderá ser também ser Eon, Eon é uma Era, cada Era dura 2150 anos, vivemos atualmente na Era de Peixes (daí o símbolo ser tão citado no cristianismo, o nascimento de Jesus inicia a nova Era atual, finda a antiga de Carneiro, representada por Moisés), e estamos próximos da Era de Aquário. Segundo o calendário Maia estamos precisamente terminando esta Era e a próxima será a Era da paz, que se daria em 21 de Dezembro de 2012.

muito visto em traseiras de carro, porém é um símbolo pagão muito anterior a Yeshua
documentário zeitgeist

Espécie de messias digital morre e ressuscita, ai percebe que é o predestinado a salvar a humanidade.
 
Neo transcendeu a realidade, tal como Buda libertou-se de Samsara (ciclo de reencarnações) e atingiu o estado de iluminação (Nirvana) ou Moksha (liberdade da alma).

Trinity é a Trindade. Representa a Grande Mãe- Filha e espírito santo.

O Oráculo

O homem desde a antiguidade sempre recorreu a “videntes”, no filme temos O oráculo, que é um programa da Matrix, um dos criadores, que ajuda os humanos.


“a nossa escolha é a repetição das nossas escolhas “, As escolhas que fazemos agora já foram predestinadas por nós, mas isso só faz sentido com a reencarnação. Antes de reencarnar conhecemos uma parte do nosso destino, já escolhemos certas provas pelas quais iríamos passar, porém ao nascer esquecemos isso. Mais tarde ao tomar certas escolhas, não temos consciência que já as tomamos antes de reencarnar, mas o nosso destino já tinha sido pré-conhecido por nós, assim faz sentido.

 Naves

A Nave de Morpheus chamava-se “Nabucodonosor”, nome do Rei Babilónico que tivera um sonho, más não se recordava e vivia perturbado procurando uma resposta.
Na nave havia uma inscrição “Mark III nº 11”, no Evangelho de Marcos 3:11 que diz “E quando os espíritos impuros o viam, jogavam-se gritando : Tu és o filho de Deus”.

O nome da nave cujo último voo serviu para alertar os habitantes de Zion (nave Osíris) da iminente invasão das máquinas foi emprestado de uma das principais divindades do panteão egípcio.
Esposo  de Ísis e pai de Hórus, foi Osíris quem ensinou as artes da civilização aos primeiros egípcios. 
Osiris, Ísis e Hórus
Foi assassinado por seu perverso irmão Seth, que desmembrou seu corpo e espalhou os pedaços por toda a Terra, obrigando Ísis a percorrer o mundo inteiro para reunir os membros de seu marido morto. Depois que seu corpo foi reconstituído, Osíris ressuscitou e passou a reinar sobre o Amenti, o paraíso egípcio situado no Além-Túmulo. Os gnósticos reinterpretaram o mito de Osíris como um símbolo da queda da divindade primordial no mundo ilusório da matéria e de sua posterior libertação.

Agente Smith (ou Agentes)
 
Quando o agente Smith (Em Português significa Ferreiro) chega num Audi no início do filme,  a  placa do carro é "IS 5416".
 


Em Isaias 54:16 lê-se:
"Eis que eu criei o ferreiro, que sopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra, também criei o assolador, para a destruir."
Os agentes que perseguem Neo, lembram os “Homens de preto” (não o do filme MIB), os agentes da CIA da década de 60’, que perseguem quem é contra o sistema, auge da Guerra Fria, estão em muitas teorias da conspiração.
 

ZION (a ultima cidade humana)

É uma cidade subterrânea, o nome está associado a Sião, cidade bíblica, que deu origem a Jerusalém. Lembra o mundo subterrâneo em que se encontrava Hades (Deus do submundo) “Viagem ao centro da terra” de Júlio Verne ou as teorias da Terra oca (Agartha).

Arquiteto

 Alusão à Maçonaria, simboliza GADU (Grande Arquiteto do Universo), no gnosticismo o arquiteto assemelha-se ao Demiurgo, um deus falso.
No filme há várias referências a Maçonaria, piso quadriculado, posição das mãos de Morpheus, entre muitas outras
Buda alcançar a liberdade espiritual (Nirvana) estado de iluminação, exclamou  “Apanhei-te arquiteto, nunca mais tornarás a construir-me”, ele referia-se ao Ego, criador da falsa realidade em que vivemos.


 KeyMaker (o chaveiro)

Quem detém as Chaves (o conhecimento) tem o poder de ir a qualquer lugar e abrir qualquer porta, em alguns livros de ocultismo "chaves" são segredos, exemplos : "The keys o Solomon" (as chaves de Salomão). Na simbologia esotérica, as chaves representam a iniciação, a habilidade que o iniciado possui para abrir e  deslocar-se  entre diferentes realidades.
Personagens  como  S. Pedro (cristianismo)  ou o Janus (mitologia romana)  são representados como portadores da chave.



O filme em si

Morpheus, Trinity e companhia lutam contra o domínio das máquinas, recrutam Neo (Wake up, The Matrix has you), desperte, acorde...saia da caverna.
wake up foi a base de um revelador documentário que está no youtube
wake up saindo da matrix 
 Quando Smith mata Neo, ele renasce e torna-se o “predestinado”, saltando para dentro de Smith, quem vem a explodir, surgindo novo Neo(desculpem o pleonasmo).

Entretanto Neo e Smith são elementos de uma mesma equação, positivo e negativo, yin yang, pelo contato que tiveram, ambos detém uma parte do poder. 

Ao infectar toda a Matrix Smith assume o controle, a ida de Neo a cidade das Máquinas,  onde elas apoiam o predestinado e assim selam a paz,  Neo enfrenta seu arqui-inimigo, e só o derrota quando Smith tenta replica lo, igualando a equação voltando para o status quo , reiniciando a Matrix.


O oráculo, que é a mãe da Matrix, ajuda Neo, pois já previu que a Matrix, como um sistema de computador, poderia vir a sofrer com a presença de um Vírus, que no caso é o Agent Smith, que poderia corromper tanto a Matrix como o mundo das Máquinas, logo Neo é um antivírus, friamente calculado pelo Sistema para tal proposito.


Muitos questionam o por quê de nos combates, objetos como óculos, não caem, ou o por quê deles poderem saltar tanto, ou mesmo voar, no caso de Neo.

Eles estão dentro de um programa de computador, só que não estão lá fisicamente, e sim suas imagens residuais, por isso os óculos, por exemplo, faz parte da projeção mental. Essa projeção é real, faz com que sempre nos vemos da mesma maneira nos sonhos, e que estes sempre sejam coloridos.

Em linguagem de computador, veremos que pessoas com pouco conhecimento em informática entram e saem dos programas, limitam-se a abri-los e fecha-los, pessoas com algum conhecimento já conseguem modificar algumas estruturas, já se imaginarmos um hacker, este entra modifica todo o programa, mexendo profundamente nas estruturas, por isso Neo consegue voar, ser tão rápido.

Quando estão na Matrix, a tela é propositalmente esverdeada, para dar um tom monótono, e quando estão fora dela, o tom é azulado, mais próximo do real.

Más Matrix vai bem mais profundo, e reafirma a condição da maioria dos seres humanos, pessoas alienadas e manipuladas pelo Sistema, que impõe diversas mentiras como verdades, e isto é aceito por uma grande maioria, sem pestanejar, sem questionar.
A escravidão e a manipulação do povo não é uma novidade, nem fruto específico dos modernos meios tecnológicos em si, o imperador romano Otávio Augusto que criou, ou talvez tenha apenas melhorado e batizado, a famosa política panem et circenses (pão e circo) para pacificar Roma mantendo o povo satisfeito e longe da política.
O grande impacto do filme nos leva a pensar se algo parecido poderia vir a acontecer, máquinas com inteligência artificial poderiam controlar a tudo e por o ser humano em segundo plano.
Quando saí da sessão do primeiro filme, já imaginei que a Matrix facilmente poderia vir a ser criada, ou algo do gênero, pois numa analogia ao vídeo game, há poucas décadas tinham aquela aparência tosca, de poucos pixeis.
exemplo de miniaturalização dos eletrônicos
Atualmente o que vemos são jogos em HD Full, alta definição, quase um filme, a informática desenvolve-se em P.G.(progressão geométrica) o que é “top” hoje, em meses está defasado, e em poucas décadas ou iremos nos conectar ou colocar óculos especiais, no caso de jogos e até programas de computador, e assim entrarmos no mundo virtual, tal qual Matrix, pessoas viverão on line, pois numa outra realidade poderão ser quem quiserem, como nos filmes A origem e Substitutos.

E atualmente é inconcebível pensarmos em um escritório sem um computador, sem máquinas, coisa que há 20 anos era normal, ou seja, estamos cada vez mais dependentes das máquinas, se houver uma  falta de energia elétrica, somente por uma semana, haveria o caos, pois em nosso mundo moderno já somos totalmente dependentes das máquinas, sendo  muitos verdadeiras escravos.

“O que é real? Como define real? Se você está falando do que pode ser cheirado, provado e visto, então real é simplesmente um sinal elétrico interpretado pelo seu cérebro “(Morpheus) 

Após todo o conteúdo exposto, para quem assistiu e não se ateve aos detalhes, assista novamente (para quem nunca viu, não deixe de assistir), que garanto que vai parecer que é  um novo filme.

Ficam somente algumas dúvidas:
 
E se nos conectarmos e não conseguirmos mais sair do jogo?  

Como em Matrix, nossas escolhas já foram feitas, então somos programados?

Quem nos programou e com qual proposito?

Se desenvolvermos inteligência artificial (exemplo de Eu robô), e tal qual, fazemos com os demais animais ao nos considerarmos superiores, escravizamos, abatemos, fazemos experiências, nos alimentamos deles, essa inteligência criada, consequentemente superaria a inteligência do homem, teríamos o mesmo tratamento dos demais animais?

"Tudo o que está no plano da realidade já foi sonho um dia." (Leonardo Da vinci)


3 comentários:

  1. Ótima postagem , esse filme é maravilhoso , ele passa a informação para nós do sistema , de como somos manipulados e escravizados pelo sistema , mas é uma pena que só as pessoas que tem pelo menos um pouco de conhecimento conseguem enxergar a imagem que o filme passa..

    ResponderExcluir
  2. Me lembro que Will Smith se recusou a fazer o papel de Neo, porque acreditava que a tecnologia tinha chegado a tal ponto para fazer um filme como esse, nem consigo imagina como seria se ele tivesse aceitado.

    ResponderExcluir