"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

"UMA MENTE EXPANDIDA PELO CONHECIMENTO JAMAIS RETORNA AO SEU TAMANHO ORIGINAL"

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

CHIP EM SERES HUMANOS, O FIM DA LIBERDADE

Qual a melhor maneira de controlar determinado rebanho? Em tempos de alta tecnologia seria um modo de localiza-los onde estivessem, ou seja, implantar Chips em seus corpos, e com um sistema de posicionamento global saber todos seus passos...e se o rebanho for de seres humanos?
Há uma teoria da conspiração afirmando que os donos das maiores fortunas mundiais, pra uns membros da Iluminati, organizaram-se no início do século XX, fundaram o Banco Mundial, e vem sorrateiramente provocando guerras  que geram enormes lucros, e o plano maior desse grupo seria dominar a população mundial, controlando-a, como exposto no documentário Wake Up Call Saindo da Matrix.
Pra quem está achando muita "paranóia" a história de dominação mundial, o Chip, não vai ser imposto, a princípio, você vai querer, irá desejar tal produto, será sonho de consumo de muitos...

Em 1948, George Orwell, escreveu o livro 1984, onde um Estado ditatorial se estabelecera, e para controlar o povo tudo era monitorado, através de um sistema de câmeras, o Big Brother (daí vem o nome do reality show Holandês).
Todo cidadão era vigiado, e até seus pensamentos eram controlados pelo Estado, não existia mais privacidade, e os que se insurgiam contra o Sistema eram torturados no quarto 101.
Em Matrix, Neo mora no quarto 101
G. Orwell errou por poucas décadas, hoje há câmeras por todos os lados, vivemos o fim da privacidade, o próprio telefone Celular já é um rastreador portátil, suas conversas podem ser interceptadas a qualquer momento, e com a evolução da internet, pelo IP da sua "máquina" te localizam onde você esteja.
As grandes corporações como Google e Facebook, guardam históricos de suas pesquisas, de suas conversas, alegando que é pra aperfeiçoamento dos programas, nada os impediria de um dia vir a usar essas informações contra qualquer um...
Um estágio antes de controle, seria um cartão de identificação, com Chip, possuindo as mesmas características, que aqui pra nós é o RG Federal, seu carro também será o próximo a ser "chipado"...
real id act, criado em 2005 nos EUA
Chegamos no cume, no golpe de misericórdia para o controle absoluto e a perda de inúmeros direitos, o Chip RFID, microchip subcutâneo, que utiliza um sistema de radiofrequência localizável por GPS e ou Scanner.

Atualmente nos EUA muitas pessoas já estão sendo "chipadas", aqui no Brasil ainda, ainda é um "privilégio" de poucos abonados.



A propaganda é a seguinte:

Com o uso do Chip um médico pode ter acesso as informações, histórico do paciente rapidamente;
Substituiria o cartão de crédito, pois ao simples toque no scanner seu microchip já debitaria de sua conta, não precisaria mais carregar dinheiro;
No caso de um sequestro, ou acidente, você seria localizado imediatamente;

Não precisaria mais carregar documentos, pois seu Chip teria toda as suas informações.

Por isso que no início citei que você iria desejar essa tecnologia, que a princípio seria um "status", como foi o cartão de crédito há algumas décadas, sendo um divisor e um sinalizador de classe econômica.
 E se você não o quiser pelo status, te forçarão a querê-lo pela segurança que pode lhe proporcionar.

Para esse último motivo, é necessário causar um estado de insegurança, espalhar o caos, o terror,  pois qualquer um sabe como acabar com a criminalidade, existem "n" fatores para isso, por que será que os governantes não o fazem? 



Talvez pelo mesmo motivo que não há uma educação pública de qualidade, por isso o Estado proporciona uma constante alienação dos jovens, e também constante desvalorização dos professores.

E se esse Chip conter mais do que informações, for mais do que um GPS, e se ao desliga-lo, desliga-se também o seu usuário? Ou o deixa impossibilitado de questionar? Aí adentraremos no quarto 101.

Um comentário:

  1. Até quando a massa vão continuarDe olhos fechados? Esse livro 1984 deveria ser lido por todos .

    ResponderExcluir